Colcha de Retalhos

"O homem é um deus quando sonha e não passa de um mendigo quando pensa." Holderlin

Textos

"HABEAS ANIMAS"
Fui vítima de um motim de pensamentos desencontrados. Destruíram algumas celas e incendiaram grades de soledade.  
Encurralada na conflagração íntima, não consegui mais mascar as palavras e maquiar a fala para me realizar entre a moral e a paixão.
Como inflamar as verdades? Assumir a autoria das inúmeras possibilidades e desacreditar o substantivo comum?
Não existem flexões para o silêncio. No caos tudo se conjuga em raiva e medo. Um grito talvez... Mas a raiva nem sempre é a combustão do grito.
Com os lábios entreabertos, busquei asilo na família das labiadas. Remoí alecrim e basílico para prevenir a corrupção verbal e não engolir a raiva.
Exclamei centelhas!
Helena Sut
Enviado por Helena Sut em 10/10/2012
Alterado em 11/10/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Helena Sut). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras